Browsing Tag

Publieditorial

Inspiração

Inspiração: Home Office

January 29, 2016

Um das coisas que mais procuro no Pinterest é inspiração de Home Office. E é, também, uma das coisas que mais gosto de olhar na internet, já que é minha futura profissão. E não é tão difícil achar inspirações para compor o seu.

Um Home Office que te agrade é muito importante, pois é nele que você passa a maior parte do tempo, seja trabalhando e/ou estudando. Um que esteja do seu gosto e tenha sua personalidade, seu estilo vai trazer mais inspiração, criatividade e gosto de estar nele realizando suas atividades.

Por isso que juntei algumas fotos do meu painel Workspace no Pinterest para ajudar não só a vocês que estão procurando por ideias como para mim mesmo, que estou pretendendo dar uma melhorada no meu.


1. Gosto desse por duas coisas: primeira, a área de trabalho é feita por um tampo de mesa e cavaletes. Esse tampo pode ser, também, uma porta, no caso de você querer um espaço maior (60x210cm/ 70x210cm), mas é bom que seja nova, sem ter sido colocado a maçaneta. É legal para quem compartilhar o espaço. Segunda, a parede preta. Acho que quem mexe com criatividade, ter uma parede preta, boa para pensar e não se distrair tanto. Mas uma branca, também, funciona para quem não quer arriscar no escuro. Eu pintei a minha de grafite, recentemente, e está sendo muito bom. Inclusive para fotografar.


2. Esse é uma dica para quem tem aquele espaço sobrando no quarto ou em parte da casa que acha meio inútil. Basta colocar uma área de trabalho que ele já tem utilização. Nesse, você vai ter, muitas vezes, que mandar fazer a mesa para se adequar ao espaço. E pode só fazer um tampo e fixa na parede que está ótimo.


3. Para quem quer fixar pôsteres, seja de motivação ou apenas ilustrações, esse é uma dica. Também, a parede pode servir como um mural para referencias de um trabalho em desenvolvimento, ou para fotos suas. E gosto do calendário, na outra parede, porque nele você anota compromissos ou coisas para fazer.


4. Ter espaço para guardar objetos de escritórios, livros, caderno ou papeis, também, é indispensável. Nesse o cavalete que sustenta o tampo, já foi criado prateleiras. Mas você pode optar por pôr um cavalete de um lado e um gaveteiro do outro.


5. Esse é um dos meus preferidos, pois gaveteiro, só acho que poderia ser menor para sobrar espaço pra área de trabalho, tem esses armários com nichos que são bons para guardar livros e objetos que ficam mais bagunçados ou que você não quer pegando poeira, nos armários. E outra coisa que gosto nele, é o quadro que foi colocado na mesa mesmo.


6. Esse é um para os que querem tudo branco e colocar cor nos detalhes. Como falei no primeiro item da parede preta, nesse pode ser colocado o preto nos detalhes, o que torna bem minimalista e simples. Mas pode ser outra cor no lugar do preto, lembrando que para passar a ideia de simples e minimalista, é bom só uma mesmo. Eu só trocaria a mesa, acho estreita.


7. Esse é aquela ideia pra mesa compartilhada que pode ser usada uma porta como tampo. Nesse foi usado mão francesa para sustentar, o que deixa até mais barato. E os nichos usados acima para pôr livros e itens decorando.


8. Nessa parede foi colocado elástico para fixar fotos, recados, lembretes. E pelo jeito que ele foi usado, criado um diferencial na parede, parecendo de longe papel de parede geométrico ou que a pessoa pintou.

As imagens são do Pinterest e do Homify. O que vocês acham?

Outros

Desapega

July 17, 2014

Recentemente, durante uma limpeza no quarto, deparei-me com um difícil pensamento: Desfazer-me de algumas coisas que tenho e não uso mais. Será que preciso mesmo disso ou disto? Alguns livros que comprei achando que eram maravilhosos e percebi que eles tinham uma leitura cansativa que provavelmente não lerei novamente.

Sei que dá uma dor no coração se livra de alguns itens que você olha e pensa no valor sentimental, nos momentos legais passado com eles, mas em alguns casos o desapego é fundamental. Por exemplo, se eu doar, vender ou trocar alguns livros que não gosto tanto assim, eu terei mais espaço para novos.

Pensando nisso, cheguei a OLX. Um dos maiores sites de classificados do Brasil. Está presente em 96 países e em mais de 41 idiomas. A empresa vem conquistando novos usuários a cada dia. E o sucesso é devido ela ser uma solução simples, fácil e gratuita de vender ou comprar um produto e/ou serviço. Você, pode usar o computador entrando no site ou pelo tablet ou smartphone, através do aplicativo que tem pra Android e iOs. Tudo de uma maneira confortável e simples.

E o melhor? Tudo de maneira organizada. É meio chato e ruim navegar por sites de compra ou/e venda onde você não consegue de maneira simplificada encontrar o que procura. Ou, no caso de venda, são muitas informações e burocracia.

Os anúncios são divididos por região, você pode entrar e selecionar para ver as ofertas de seu Estado, especificar sua cidade ou uma mais perto de você. Pode navegar pelas categorias, como Imóveis, Computadores e acessórios, Móveis e decoração etc. E por subcategorias, deixando tudo bem simples para o usuário. É só procurar ou desapegar e ser feliz!

Dando uma olhada pelo meu Estado, Ceará, e procurando por livros, como sempre, achei um anúncio com os 3 volumes da Edição Definitiva do Sandman, aquela edição com capa de couro e linda, por um preço bem legal.

Simples né?! Agora falta só a coragem para praticar o desapego e ter espaço para novos objetos.

Outros

Registre momentos especiais

February 17, 2014

Desde muito tempo, o ser humano vem usando a fotografia para registra o que acontece ao seu redor. Tudo começou com as tais câmeras fotográficas que usavam placa de estanho coberta com um derivado de petróleo. Primeiro apenas em preto e branco depois passou pra colorida e agora digital que nos permite saber como ficou a foto logo que tiramos.

Mas no dia de hoje, é cada vez mais fácil registramos momentos especiais, como festas e eventos ou nosso dia-a-dia. Sem contar que existem diversos modelos de máquinas fotográficas e filmadoras a venda, basta procurar aquela que mais se encaixa as suas necessidades. É só irmos a essas festas escolares para vermos os pais com suas filmadoras e câmeras em mãos.

Eu desde pequeno sempre gostei e admirava muito esses registros. Aqui em casa, o que não falta é álbuns com fotos do tempo em que eu nem era nascido. Fotos velhas, em preto e branco, em tons de sépia. Fotos que já estão manchadas. Mas cada uma traz uma lembrança gostosa.

O registro de alguém muito especial que não está mais entre nós ou até mesmo a evolução de alguns. Muito comum em álbuns que nossas mães fazem e guardam de quando éramos crianças. É até um pouco nostálgico olhá-los, mas uma boa nostalgia para esses dias tão corridos e que muitas vezes não paramos para ver a beleza e simplicidade ao nosso redor.

São coisas assim tão simples que muitas vezes não ligamos ou achamos coisa de gente velha. Mas não é. Pelo contrario é algo extraordinário. Os momentos são para serem vividos e as lembranças boas guardadas para que em dias ruins possamos ver que podemos ser sim felizes e que para isso não é preciso de muito. Por isso, eu adoro registra os momentos e guarda-los. Não na forma impressa como fazíamos com as fotos analógicas, mas pretendo separar umas a cada mês e ir montando meu álbum de recordações.