Browsing Tag

Book Tour

Livros

Resenha: Cordeluna

August 21, 2012
CordelunaÉlia BarcelóEditora Biruta

Mil anos atrás, uma história de amor foi interrompida pela desgraça e uma maldição. Um poder tão maligno que tinha conseguido dominar seus espíritos geração após geração. E enquanto isso, os apaixonados esperam… condenados a se reencontrar e voltar a se perder por culpa do ciúme e do ódio. O cavaleiro e a dama. O guerreiro e a donzela. Até que talvez um dia, talvez em nossa época, séculos depois, um poder superior e benigno consiga pôr um fim ao malefício. Apaixonante novela que combina história e fantasia, amor e maldade, bruxaria e religião, criada pela escritora Élia Barceló, conhecida como a “Dama Negra” da literatura espanhola, ganhadora em duas oportunidades do Prêmio Edebé de Romance Juvenil. A história se passa na Idade Média e é muito bem retratada no livro, que destaca costumes e valores da época. As sangrentas guerras entre muçulmanos e cristãos pela expansão e posse de seus domínios. No posfácio, a editora explica os diferentes períodos da História e descreve a fascinante personalidade de El Cid.

Pode um amor durar por mil anos sem que a paixão se acabe? Em Cordeluna, um amor ficou preso e condenado por mil anos devido uma maldição e tem agora, no século XXI, sua ultima chance.

A história começa no século XI, Baixa Idade Média, tendo como personagens Sancho, um grande guerreiro de dom Rodrigo (Él Cid/Campeador) e Guiomar, jovem condensa de Peñalba. Um casal de apaixonados que não pode viver o seu amor por uma diferença de classe social e pelos ciúmes de Brianda, madrasta de Guiomar.

Já no século XXI, um grupo de jovens se reúne em Burgos, Espanha, para encenar uma peça e fazer um documentário sobre a vida de Él Cid. Onde Sergio e Glória irão interpretar Él Cid e dona Ximena, sua esposa, respectivamente. No entanto, eles não iram só encenar essa parte da história, como viveram e sentiram, também, outra desconhecida pelos historiadores e pessoas locais. E tentaram por um fim e dar paz a esse amor tão sofrido.

Cordeluna foi para mim um duplo gosto de se ler. Primeiramente por ser meu primeiro Book Tour, tento toda a experiência em compartilhar um único livro com pessoas de diferentes estados. Segundo, por ser uma história com uma leitura super gostosa e que há tempos não lia livros assim sobre medievalismo. O que me fez lembrar sempre de Donm Quixote de La Mancha (Don Quijote de la Mancha).

A história se divide e oscila entre dois tempos, cada um com características da época, mas que não o torna cansativo, pelo menos para mim, na hora que ia para a período medieval minha cabeça já estava preparada para as mesóclises e formalidades da época, e nos dias de hoje, já sabia que era uma linguagem bem informal.

A autora não dividiu o livro em capítulos e sim em tempos, medieval, onde começa toda a história, e atual, onde ela é revivida e tem sua ultima chance de sucesso. Nessas passagens de tempo, achei super legal como à autora fez, trazendo muitas vezes trechos de um tempo para outro, como também momentos de uma mesmo personagem. Recuso que suaviza as passagens e não faz uma mudança de época brusca.

A diagramação do livro é toda trabalhada no período medieval, como enfeites e capitular, primeira letra de um capítulo, com uma fonte medieval. E essa capa linda, que quando vi por foto, pensei que fosse até de capa dura. Enfim já deu para perceber que gostei mesmo desse livro né?!

Queria agradecer a Gabi pela oportunidade de participar do Book Tour e espero poder participar de outros mais.