Monthly Archives

October 2012

Livros

Cidade dos Ossos

October 29, 2012
Cidade dos OssosCassandra ClareOs Instrumentos MortaisGalera Record

Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Clary Fray se sentia um pouco diferente das pessoas da sua idade. Como se faltasse algo nela. Mas foi quando presenciou um assassinato que ela percebeu que tinha realmente algo de errado com ela. Como o corpo do garoto que ela tinha visto morto, tinha sumido sem deixar marca de sangue alguma? Por que apenas ela poderia ver quem foram os assassinos? Será que estava ficando louca?

Durante uma discussão com a mãe, Jocelyn – uma grande artista, Clary resolve sair com Simon, seu grande amigo, para tomar um café e toma um surto quando escuta a voz de um dos assassinos. Jace. Ela o segue atrás de descobrir mais sobre o que ele considera ser um Caçador de Sombras quando o seu telefone toca e é sua mãe muito aflita dizendo para que Clary não volte para casa. Envolvida pelo pânico, ela parti para casa, mas é tarde sua mãe sumiu.

E junto com Jace e o restante do grupo de Caçadores de Sombras, Isabelle e Alec, vão em busca da salva sua mãe e também descobrir coisas sobre sua vida que ela nem sonhava que existisse.

Ler esse livro foi um mix de outros que já tinha lido e que me fez ficar atraído pela história. Não é nada daqueles romances sobrenaturais, onde temos uma protagonista indefesa que sempre está em perigo e um protagonista sempre pronto a dar sua vida para salvá-la. Não que não goste de livro assim, mas é sempre bom dar uma variada e mudar às vezes.

Jace é fiquei sempre comparando ao Damon, do Diários de um vampiro, quem é aquele personagem bad boy que usa as palavras para mascará os seus verdadeiros sentimentos. Mas que é uma pessoa (modo de falar) frágil às vezes. A história, também, me fez lembrar da de Percy Jackson, porque ele ir descobrindo um novo mundo que foi escondido dele por segurança (comparando assim a Clary) e que você realmente vai vendo e conhecendo outros séries.

É um livro que tem horas que você rir com as frases sarcásticas e piadas de Jace e, também, se senti aquela agonia no desfecho de algo. Fiquei muito surpreso com o desenrolar do enredo e ver que as coisas não precisam ser sempre iguais só por ser do mesmo gênero de livro. E que tudo pode acontecer e mudar nessa estória.

Pensamentos, Pessoal

Ninguém pode sonhar por ti

October 22, 2012

Tinha até pensado em colocar outro post, mas quando me deparei, ontem, com essa imagem e frase da Francine, não pude mais deixar passar algo que está no meu pensamento esses dias.

Sim, muitas pessoas acham que pode decidir a vida por você, sonhar por você e, quem sabe, até realizar coisas/sonhos por você. Mas isso é total intromissão, não que eu não goste ou seja contra a sugestões, opiniões e até conselhos.

O que não gosto é de algumas pessoas criarem planos perfeitos e uma vida tão fácil sem que seja o que você quer ou o que é real para você. Muitas vezes aquilo que deu certo para uma pessoa, pode não sair igual para aquela outra. Não somos iguais e nem temos vidas e sonhos iguais.

“Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir e chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é decidir.”
– Cora Coralina

Se você decidiu que quero cursar tal curso, por que irá contra aos seus sonhos e planos? Simplesmente, porque na outra cidade eles te dão isso e aquilo outro, auxílio do sei lá o que, mas não tem o que realmente você quer. E suas escolhas ficam onde nisso?

Não cabe a ninguém decidir por você o que é melhor ou pior, porque mesmo se você errar nas suas escolhas, elas foram decididas por você e você tentará de uma outra forma. Chorará, se decepcionará, ficará triste, mas sempre lutará por aquilo que quer e acredita

Não necessariamente só, conte com amigos de verdade, pessoas de verdade que mesmo pensando diferente não tentarão sonhar e decidir por você e sempre estarão ali para te ouvi e consolar.

Ninguém pode sonhar por ti e só cabe a você decidir a sua vida e lutar pelos seus desejos e sonhos. Não tenha medo de errar, os erros são os professores da vida real e com eles você aprende a superar e recomeçar de outra forma.

Musica

Playlist: Relax, take it easy!

October 15, 2012

Fazia tempo que não postava uma nova playlist por aqui e nesse feriado + final de semana, eu acabei passando algumas horas ouvindo muita música enquanto fazia umas coisas. Uma das playlist que andei escutando muito e até peguei umas músicas dela, foi a da Bianca. Todas com ritmos bem animados que tão aquele up nos feriados ou até mesmo nas atividades normais.

E foi pensando nisso que me lembrei de fazer uma nova para postar por aqui com músicas que ajudem a retornar a atividades depois desses dias (tão bons! =D) de relaxamento. Quase todas são super gostosas de se ouvir por causa do barulhinho dos instrumentos.

Imagem de Dolfi

E é nesse pensamento “Relax, take it easy!” que a gente começa mais uma semana de Outubro e tenta retornar ao ritmo de estudos e trabalhos. E também serve para relaxar e lembrar que metade de Outubro já foi e agora falta só mais 15 dias e chega os últimos meses do ano.

Livros

Silêncio

October 12, 2012
SilêncioBecca FitzpatrickHush HushEditora Intrínseca

Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe. Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida. A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas… e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo. “O relacionamento tempestuoso entre Nora e Patch, o típico bad-boy, é verdadeira e perturbadoramente sedutor.” Publishers Weekly

Nora acorda no meio de um cemitério depois de ter passado 5 meses desaparecida. E toma um grande choque ao perceber que algumas coisas mudaram nessas semanas, a começar pelo novo namorado da mãe, e que ela não consegue se lembrar dos momentos que viveu nesses período, ou melhor, senti como se eles nem tivessem passado.

Mas uma constante lembrança envolvendo a cor preta a atormenta e parece que a avisa sobre algo de que ela deveria se lembrar. Nora tem visões de coisas estranhas, como anjos, criaturas que parecem seres normais, mas com mais força e com poderes, seres que ela acredita, ou acreditava, que não existiam. Mas quando o seu caminho se cruza com um sexy desconhecido, ela percebe que a sua sensação com a cor preta e a de conhecer esse estranho, são algo extremamente ligadas.

Nesse livro, você acaba sabem mais coisas sobre Patch, a vida de Nora, coisas que antes para ela eram sem explicação, mas agora são revelados, e sobre os anjos caídos, arcanjos. E descobre o que levou certo personagem a tomar aquela decisão anteriormente.

E percebem que se tratando da coleção Hush Hush, você nunca ficará calmo. Sim, porque quando você acha que as coisas estão se resolvendo e que nada ou ninguém poderá, pelo menos, atrapalhar o momento, eis que algo sempre acontece.

Super ansioso para ler o último livro que eu espero que venha trazer um pouco de tranqüilidade para a Nora e Patch, porque o casal não para de sofrer, mas o que seria desses livros sem o sofrimento todos né!