Monthly Archives

September 2011

Musica

Playlist – Andrew Belle

September 27, 2011

Na playlist de hoje teremos Andrew Belle. A primeira música que me levou a querer ouvi todas as outras dele foi All Those Pretty Lights, que tocou em Pretty Little Liars, mas foi ai que soube que suas músicas já estão muito presentes em diferentes séries, como 90210, Ghost WhispererGrey’s Anatomy, The Vampire Diaries e One Tree Hill.

Sua música e estilo vocal são bem parecidas com Coldplay, The Fray, e John Mayer e dita por fãs e críticos como canções “pop inteligente”-matizada melodias e letras contemplativas juntamente com negrito, ganchos infecciosas. Elas trazem um certa tranquilidade que para realizar alguns trabalhos, como os de Design, são muito bons. Quem quiser ouvir o seu novo álbum, The Ladder, pode escultar por aqui. Bom, mas vamos a minha playlist de Andrew.

E por último vou colocar o vídeo da música The Ladder do seu novo álbum, pois achei o clip muito legal por ser em animação e desenho.

Dialogos, Pessoal

Esqueça todo o resto.

September 23, 2011

Há momentos na vida que devemos e temos que esquecer todo o resto que nos preocupa ou entristece. Sejam problemas, preocupações, devemos parar um pouco e esquecer simplesmente que eles existem. Tentar viver um dia de cada vez, no mundo que muitas vezes acaba te machucando e ferindo com relacionamento em que você dar tudo de si, mas não recebe nem metade disso. Lembro-me do que Caio Fernando Abreu falou: “Sem apego. Sem melancolia. Sem saudade. A ordem é desocupar lugares. Filtrar emoções.” Não se importe tanto com aqueles que só te querem como um artigo de decoração e que na primeira oportunidade esquece totalmente de você.

Os sonhos, também, nos fazem criar esperanças que podem não acontecer, mas o que fazer se você é um eterno sonhador? Como Fernando Pessoa diz, “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”. Simplesmente, devemos tentar não nos apegar a coisas incertas, pois elas podem não acontecer como fabulamos em nossas mentes e deixar que vá acontecendo tudo no seu tempo e momento certo, pois o que tiver de ser, será.

Não sofra com coisas/ pessoas que não valem apena e se aqueles que valem te machucarem e assim causam uma forte dor lá dentro , se lembre que aos poucos tudo volta ao lugar, tudo é reconstruído, você sobreviverá e assim seguirá em frente. Não se apresse, não se preocupe demais, relaxe e esqueça todo o resto.

Imagem: weit 

Inspiração:  Post da  Millera Dias e

 Leave Out All The Rest, do Linkin Park

Livros

A Vidente e A Sensitiva

September 20, 2011

Livro: A Vidente
Autor: Hannah Howell
Série: A Saga das irmãs Wherlocke
Sinopse: Estamos no século XVIII, na Inglaterra georgiana. Como todas as gerações de sua família, Chloe Wherlocke possui habilidades especiais, e o seu dom é enxergar além da visão física. Em 1785 ela prevê a morte de uma mulher que acabara de dar à luz e toda uma trama para atender a motivos escusos. Ao encontrar uma criança abandonada ao lado do corpo da mãe, ela salva o bebê e o cria escondido do mundo. Fazia isso por amor, mas talvez houvesse neste gesto alguma força do destino… Com o passar dos anos, Chloe descobre que o encontro com a criança não havia sido uma simples coincidência e nota, pouco a pouco, um desenrolar de acontecimentos que envolviam todos os membros de sua família, num jogo de traições, mentiras e assassinatos. Consciente de tudo, ela precisa ser rápida para salvar a vida do pai do menino, o conde Julian Kenwood, e avisá-lo que o filho não morreu. Mas, ao se aproximar da família Kenwood, Chloe percebe seu sentimento de proteção por Julian se transformar enquanto a cada momento tudo fica mais perigoso.
Livro: A Sensitiva
Autor: Hannah Howell
Série: A Saga das irmãs Wherlocke
Sinopse: Segredos e intrigas como o estopim de paixões perigosas. Por toda a Londres do século XVIII, é possível ouvir sussurros e boatos sobre os dons inexplicáveis da família Wherlocke. Mas o Lorde Ashton, um homem com firmes convicções, é uma das vozes mais céticas de seu tempo, e tudo caminhava para continuar assim… até encontrar uma bela mulher desacordada, largada no quarto de um bordel. A mulher misteriosa é Penélope Wherlocke, e seu dom especial a levou para um mundo perigoso de alta sociedade, quando foi sequestrada e vendida a uma cafetina criminosa. Ao vê-la, Ashton ficou enfeitiçado. Algo lhe diz que deveria esquecê-la, mas é atraído cada vez mais para a vida dela, transformando-se em seu protetor. Porém, Penélope é uma mulher com ideias próprias, algo que sempre a afastou dos homens de sua época, mas enfim encontra alguém seguro e capaz de lidar com suas habilidades sobrenaturais.

Fazia tempo que não lia um romance desse tipo, acho que deste o Morro do Ventos Uivantes. Mas gostei muito, porque nele tem romance e muito sobrenatural, como até os nomes sugerem. Esses dois livros fazem parte de uma das coleções de Hannah Howell, Série Wherlocke que conta as histórias das irmãs da família Wherloche e Vauchn, que possui 4 livros ao todo. Todos os membros a família possuem um poder paranormal, um “dom”, e acabam se envolvendo na vida de algumas pessoas para poder as ajudar. Já chegou no Brasil o terceiro livro, A Intuitiva, mas depois falo sobre ele. Nos dois livros, pude perceber a marca da sexualidade bem descrita de todo a ato, melhor dizendo, mas por outro lado, podemos ver que o amor nessa época era muito bonito, coisa que é difícil se ver hoje.

Se você curte, romance, mistério e sobrenatural, ler sim, pois os livros da séries estão cheios disso e Hannah Howell sabe como prender a gente em cada capítulo. #ficaadica.

Design

Poltronas X Banquinhos

September 17, 2011

Nos garimpos virtuais de hoje, trago duas opções novas e inusitadas, digamos assim, para as pessoas se sentarem e decorarem a casa.

Primeiro, uma pergunta: “Já imaginaram sentar ou ter na sua sala uma rinoceronte, um povo? Não! Pois é essa foi a ideia do designer espanhol Maximo Riera, que está lançando uma nova coleção de poltronas que terão 15 animais ao todo. Por enquanto só existem esses 3, mas já se tem esboços para dos demais. A coleção é uma homenagem à energia que o reino animal possui, e uma tentativa de refletir e capturar a beleza da vida selvagem. Legal né!?

E agora, os banquinhos feitos de skates velhos. Isso mesmo aquele skate seu que quebrou ou simplesmente aquele seu antigo ou de uma amigo que não usa mais. A empresa americana Deckstool desenvolveu esses banquinhos feito inteiramente a partir da recuperação de skates quebrados. Constituídos das tábuas dos skates, os assentos são 100% reciclados e podem ser montados tanto na forma de banco quanto no formato de banquetas para bar. Dando um estilo street para o seu ambiente.